Pensando com as seguintes características, que são indicadoras

Pensando em comprar um hamster sírio ou querendo apenas cuidar do seu bichinho de uma maneira mais eficaz?Confira o meu guia completo sobre a raça.Para sua melhor visualização, ele está dividido em tópicos e você poderá acessar de forma mais rápida esses tópicos, clicando no menu abaixo.E por favor, não esqueça de compartilhá-lo em suas redes sociais, ok? :)su_list icon=”icon: star” icon_color=”#FFDA64″IntroduçãoComportamentoAspecto FísicoDiferenças entre Macho e FêmeaReproduçãoAlimentaçãoMoradiaCuidados & HigieneSaúde & DoençasFérias e Viagem: Devo levá-lo?Classificação Científica/su_listDeixe um comentário me contando o que você achou do guia.IntroduçãoEle é pequenino, peludinho e, quando está no seu habitat natural, é um verdadeiro Usain Bolt dos roedores, podendo correr facilmente 8 km de uma só vez.O Hamster Sírio – junto com seus camaradas Hamster Chinês e Hamster Panda – está no grupo dos animais de estimação mais populares do mundo.”Ele é pertencente à família Cricetinae, sendo uma das espécies mais requisitadas para domesticação. É um mamífero bastante resistente, suportando uma queda de até 20 centímetros de altura sem quebrar nenhum osso corporal”Explica Ricardo Gouveia Balleja, cunicultor e criador de animais de estimação, especializado em roedores exóticos, da empresa Rancho dos Roedores.Os hamsters sírios são ótimos animais de estimação por serem mais calmos e amigáveis do que as outras espécies de hamsters.Eles são adequados para crianças pequenas ou para quem nunca teve um hamster de estimação, pois é fácil cuidar deles, por mais que seja necessário cuidado ao manuseá-los.Dada a sua curta expectativa de vida (dois a três anos), deve adquirir-se um animal jovem (o ideal é perto das 5 semanas) e sempre que possível com as seguintes características, que são indicadoras de um animal saudável:su_list icon=”icon: star” icon_color=”#FFDA64″Focinho seco;Olhos vivos e brilhantes;Orelhas em pé;Pelo sem falhas, brilhante e macio;Corpo cilíndrico;/su_listComportamentoOs hamsters sírios são brincalhões, dóceis, e precisam de ao menos de uma rodinha para gastarem suas energias.Na natureza percorrem vários quilômetros na busca de alimento. Portanto, precisam de atividade física para terem boa saúde.Preferem viver de forma solitária e independente.Não devem ser mantidos juntos numa mesma gaiola, porque brigam de forma muita agressiva (exceto quando pequenos) e, na natureza só se encontram pacificamente para a reprodução.Cada animalzinho deve ter a sua própria gaiola e distante de qualquer outra, pois detectam a presença de outro animal pelo sensível olfato.São animais noturnos, suas atividades começam normalmente à noite, permanecendo até o início da manhã.Portanto, deve-se evitar de acordá-los de dia, embora eles mesmos possuem alguns hábitos diurnos rápidos, como arrumar o ninho, fazer xixi, e levar alimento para a sua toca.Dificilmente emitem algum som.Possuem audição sensível, mas não enxergam bem, são míopes, independente do horário, identificam os alimentos e objetos normalmente pelo cheiro.Se as mãos do dono estiverem com cheiro de comida, o hamster poderá se enganar e dar uma pequena mordida, portanto deve-se ter o cuidado de manuseá-los com as mãos limpas.Aspecto FísicoÉ conhecido pelo seu grande tamanho em comparação com outras espécies de hamster como o hamster chinês ou o hamster roborovski (espécies proibidas no Brasil).Chegam a alcançar os 17 centímetros, embora os machos não costumam atingir os 13 ou 15 centímetros.Podem chegar a pesar entre 90 e 150 gramas.O seu pelo é dourado e pode ser curto ou longo, também sendo conhecido como hamster angorá no segundo caso.A cor é dourada, um pouco mais escura na parte de trás e mais clara na barriga.Atualmente, alguns criadores conseguiram vários tons de pelagem por meio de seleção genética, chegando a conseguir bichinhos pretos, avermelhados, brancos, cinzentos e marrom chocolate.Uma curiosidade são suas bochechas que funcionam como bolsas, que levam alimentos desde as bochechas até aos ombros, armazenando a comida.A maior quantidade acumulada em um hamster sírio dourado é de 25 quilogramas, uma quantidade incrível para o seu tamanho.Diferenças entre Machos e FêmeasQuando são muito novos, pode ser difícil distinguir os sexos.Olhando para os genitais, você verá dois orifícios – o pénis ou vagina e o ânus.No macho, o espaço entre os dois é em geral de um a dois centímetros e, na fêmea, este espaço é tão pequeno que é difícil diferenciar os dois orifícios.A forma do corpo difere também um pouco da fêmea para o macho.Normalmente as fêmeas são mais ativas, mas também mais ariscas. Podem inclusivamente ter maior tendência a morder o dono, quando não são manuseadas com algum cuidado.Pelo contrário os machos tendem a ser mais calmos, mais tolerantes, mas também mais preguiçosos e dorminhocos.A diferenciação de gêneros é feita pela observação de características físicas e contraria certos “padrões sociais” humanos.”As fêmeas são maiores que os machos, na grande maioria dos casos, e a diferenciação de gêneros é feita ao observar a cauda do animal: o macho possui pontos cor-de-rosa na extensão do membro; as fêmeas não”.Quem explicou essa forma de diferenciar foi o Ricardo Gouveia Balleja.A fêmea se distancia logo após a cópula e, em geral, separa-se de seus filhotes com 8-10 semanas de vida.ReproduçãoO tempo de gestação é por volta de 2 semanas, e a cada ninhada, podem nascer entre quatro a dez filhotes.Ao nascimento dos filhotes, as fêmeas comem a placenta.Os machos podem engravidar entre seis e sete fêmeas por dia.As fêmeas podem comer os filhotes que nascerem defeituosos, mantendo assim a saúde e maior possibilidade de sobrevivência do resto da ninhada.A partir dos 5 meses de idade, o hamster sírio já está apto para reproduzir.AlimentaçãoQuanto à alimentação, sempre fique atento para prover a dieta específica para o Hamster Sírio.Segundo o especialista:As refeições indicadas à espécie constituem na oferta de sementes de girassol, milho, amendoim, castanhas, frutas secas (não-cítricas), legumes secos e alpiste. Deve-lhe ser disposta em pequenas quantidades e múltiplos ingredientes, não se esquecendo do potinho com água que precisa ser trocado diariamente.Esta espécie é onívora, e como tal come principalmente sementes, nozes e também insetos.Em cativeiro há ração específica para hamster que, juntamente com frutas e vegetais podemos fornecer uma dieta rica em todos os nutrientes que eles precisam.Entre os alimentos que podemos dar encontramos os seguintes:su_list icon=”icon: star” icon_color=”#FFDA64″Frutas: maçãs, morangos, uvas, bananas, pêssegos, cajus, castanhas, nozes.Verduras / Legumes: cenoura, couve, espinafre, pepino, acelga, chicória, nabo, abóbora, sementes de girassol e outros semelhantes./su_listNo entanto há alimentos proibidos – que não podemos dar:su_list icon=”icon: star” icon_color=”#FFDA64″Frutas: cítricos (laranjas e semelhantes), figos, ameixas.Verduras / Legumes: alface, tomate, cebola, alho.Outros: carne crua, salgados e frituras./su_listRações para outros animais também não são apropriados, como é o caso da ração para coelhos e porquinhos da índia.MoradiaTambém é essencial oferecer um ambiente confortável e rico em estímulos para que seu hamster sírio possa se alimentar e se hidratar adequadamente, bem como se entreter e se exercitar.Procure uma gaiola com medidas de 60 x 40 x 50 aproximadamente.Se conseguir uma maior, mais feliz será o seu hamster na sua nova casa.Deve ter uma boa ventilação, um solo impermeável e portas e barras seguras.Eles amam brincar e, por isso, é preferível escolher uma gaiola de vários andares ou com escadas, algo que exercite a musculatura do seu pet.O hamster é um animal muito sensível às variações de temperatura, pelo que o ideal será colocar a sua gaiola numa zona da casa onde a temperatura oscile entre os 20ºC e os 24º C, longe de correntes de ar.A exposição solar direta ou a uma luz muito intensa deve ser evitada.De preferência a sua gaiola deve ser colocada num local calmo durante o dia (sendo animais noturnos, tendem a dormir a maior parte do dia).Existem diversos modelos de gaiolas, desde o mais simples ao mais elaborado (confira modelos de gaiola para hamster).Pode ser de grades ou toda em acrílico com pequenos respiradores (as últimas são particularmente indicadas para as espécies de hamsters menores ou quando se pretende fazer criação).Nem sempre a gaiola mais bonita tem a manutenção mais fácil – numa gaiola com muitos tubos a limpeza torna-se mais difícil.As gaiolas podem ter um só nível ou vários patamares.Se optar pelo segundo tipo, deve ter-se o cuidado para que a altura entre os patamares não ultrapasse os 20-25 centímetros de altura.Outro fator a ponderar na escolha da gaiola e restantes acessóriosOs hamsters adoram roer tudo à sua volta, por isso devem escolher-se materiais não tóxicos e de preferência resistentes.Devem-se evitar gaiolas sobrepovoadas, pois se existirem muitos animais num espaço pequeno, vão surgir lutas devido ao stress e muitas vezes ferimentos provocados por essas lutas, que podem originar a morte dos animais.Convém ainda separar os hamsters pelos sexos, por forma a evitar ninhadas indesejadas.Machos agrupados numa mesma gaiola, apenas se forem irmãos e tiverem crescido juntos, de outra forma podem ocorrer lutas fatais, uma vez que possuem instinto de defesa territorial, disputando assim a posse da gaiola.Animais que cresçam juntos não devem ser separados e depois reagrupados, pois alteram seus odores característicos, podendo haver lutas no reagrupamento (esta é uma das razões porque normalmente as lojas não aceitam a devolução de hamsters).Portanto a gaiola deve ser espaçosa por forma a permitir a organização de várias áreas:su_list icon=”icon: star” icon_color=”#FFDA64″Casa de banho: Existem à venda alguns WC praticamente fechados que são de fácil limpeza;Abrigo/Espaço para dormir: Existem casinhas de diversos modelos e cores;Zona para alimentação e água: O comedouro deve ser pesado e feito de um material facilmente lavável (a cerâmica é o ideal). Se possível deve ser largo, pois os hamsters adoram comer sentados sobre a própria comida. O bebedouro deve ser do tipo pipeta;Zona de exercício: Sendo grandes atletas, uma rodinha é essencial e podem ainda colocar-se algumas escadas ou tubos, que eles costumam adorar./su_listO fundo da gaiola deverá ser revestido por uma camada de material absorvente.Existem muitos tipos de materiais disponíveis para este efeito (litter, aparas de madeira, etc) mas recomendo seriamente o uso de corn cobs (explicação).Trata-se de um produto natural (resultante da trituração dos carolos das maçarocas do milho), que absorve até cem vezes o seu peso em líquidos.Pode ser encontrado nas boas lojas de animais.Deve ainda ser fornecido um material suave, para que o hamster torne mais acolhedor o seu ninho.Existem muitos tipos de materiais à venda nas boas lojas, em alternativa pode usar-se papel higiénico (branco) rasgado em tiras.Cuidados & HigieneOs hamsters são animais muito asseados.Aliás, 80% do tempo que passam acordados é dedicado à sua higiene pessoal e é um espetáculo encantador observar uma sessão de limpeza, pois realizam-na com tal minúcia.Por menor que possam ser, nenhuma região do seu corpo escapa, inclusive atrás das orelhas.Assim sendo, apenas temos de cuidar da higiene do seu espaço.A gaiola deve ser limpa pelo menos de duas em duas semanas.Recomenda-se a lavagem de todos os acessórios, tendo o cuidado de usar detergentes ou sabão neutro e enxaguar muito bem, para que não fiquem resíduos.Os hamsters não apreciam que o seu ninho / armazém seja mexido, no entanto deve verificar-se o estado das provisões aí guardadas, por forma a evitar a formação de bolores e fungos, que podem causar graves doenças (como a diarréia, por exemplo).A água deve ser mudada com frequência, bem como o litter do WC, por forma a evitar cheiros desagradáveis.Existem algumas coisas que devemos ter em mente na hora de criar um hamster sírio.Desde já deves ter em mente que eles têm tendência para se tornarem obesos e nesse sentido precisam de formas de fazer exercícios. Felizmente há muitos acessórios no mercado para que os hamsters façam exercício. Outra questão que devemos ter em conta é os dentes destes animais que crescem constantemente. Nesse sentido necessitamos de fornecer os alimentos corretos que permitam os hamsters gastar os seus dentes.  SAÚDE (DOENÇAS):Os hamsters, assim como nós, podem contrair algumas doenças. Muitas deles são ocasionadas por erros na alimentação e falta de cuidados do dono, mas em muitos casos o criador não tem culpa.Porém, antes de dar qualquer remédio ou diagnóstico ao hamster procure um veterinário.Deve limpar e desinfetar a gaiola com regularidade, assim como os elementos que esta contem, para prevenir doenças. As mais comuns que podem afetar o seu hamster sírio são: a pneumonia ou resfriado provocados por correntes de ar (pode ser solucionado mudando a gaiola para um ambiente mais adequado) e as pulgas e os piolhos, que podem ser erradicas com a ajuda de um spray antiparasitário encontrado em lojas de animais.Mesmo doente, o hamster se apresenta bastante ativo, pois ele não quer se apresentar fraco. Ele pensa que ficaria mais fácil para algum predador dominá-lo. Portanto, é preciso atenção em seu comportamento, para detectar início de qualquer uma dessas doenças e tratá-lo rapidamente. Como possui um metabolismo muito rápido, qualquer doença se complica rapidamente.DIARREIA:Ela é causada principalmente quando o hamster come muitos legumes, frutas ácidas e comida úmida. Se ele estiver sofrendo diarreia, não dê mais esse tipo de alimento até que ele se cure. Procure imediatamente o veterinário, pois pode virar o temível “rabo molhado”, uma diarreia forte que deixa a bundinha dele sempre molhada e que mata em 48 horas.RESFRIADO:É necessário identificar o resfriado, pois hamsters muitas vezes têm esses sintomas por alergia. Mantenha seu hamster longe de elementos alérgicos (cheiro forte, serragem com ervas, etc.) e mantenha-o sempre morno, não quentes. Procure um veterinário.HIBERNAÇÃO:Hamsters sírios, quando em ambiente que esfria muito rapidamente, podem hibernar. Ele pode parecer morto, duro, frio e com pequena evidência de respiração, porém seus bigodes continuam se mexendo.Deve-se tentar tirar os hamsters dessa situação o mais rapidamente possível, pois eles não fazem planos para hibernar, e podem morrer de fome e frio, ao contrário de ursos, por exemplo. Aquece-lo com as próprias mãos deverá ser o suficiente para que ele possa voltar ao normal.PERDA DE PELO:Ele normalmente ocorre em hamsters velhos perto da barriga e do quadril. A perda de pelo em hamsters novos normalmente é associada com irritação de pele. No caso, procure um veterinário.CRESCIMENTO EXCESSIVO DOS DENTES:Isso pode ser gerado pela má alimentação (sem alimentos duros ou estroçados), ou algum problema na mastigação. Deve-se ter na gaiola materiais especiais para que ele possa roer constantemente como por exemplo: madeiras especiais, ossos, ou produtos específicos para essa finalidade.Quando chega num estágio onde o hamster mal consegue comer, é necessário levar no veterinário para que ele corte o dente e evite que perfure o céu da boca. OBESIDADE:A obesidade pode ser gerada por dois fatores: alimentação inadequada e falta de exercício físico. Antes de chegar a um ponto no qual a volta ao peso é difícil, ofereça apenas alimentos saudáveis e deixe disponível uma rodinha de tamanho grande, no qual o hamster não curve suas costas para andar.A obesidade pode tanto ser percebida rapidamente (muita gordura) quanto em seus estágios, que vai diminuindo a locomoção do hamster.Hamsters são rápidos, e se ele estiver mais lento, verifique a alimentação, a rodinha ou possíveis fraturas. Em todo caso, um veterinário é o recomendável.Férias e Viagens: Levar ou Não o seu Hamster Sírio?Separei em dois tipos de viagens, curtas e longas para deixar de forma mais clara possível e também, por serem situações bem diferentes.Vamos por partes.Viagens curtas: Se for viajar por um curto espaço de tempo, por exemplo até uma semana, não necessita de levar o seu hamster. Pode deixá-lo tranquilamente em casa, desde que respeite algumas condições:Deixe uma boa quantidade de água disponível em bebedouros do tipo pipeta;Deixe uma boa quantidade de comida seca disponível;Se não tiver a certeza da quantidade de água e comida que você deve deixar, exagere para mais;Certifique-se que deixa a gaiola em um lugar seguro, longe de correntes de ar e do sol direto;Se for possível, peça a alguém da sua confiança para passar em sua casa no meio da semana, para verificar se está tudo bem. Viagens longas: Para viagens longas, você pode optar por duas soluções: Levar o hamster consigo: Deve transporta-lo na própria gaiola ou num terreiro de plástico;Não esquecer a comida e a água sempre à disposição, bem como a rodinha (para viagens de carro, pode retirar a água, mas não se esqueça de lhe oferecer de duas em duas horas ou toda vez que o hamster acordar);Certifique-se que a gaiola se encontra num lugar arejado, mas protegida do sol e do vento (o ideal é no compartimento dos passageiros, se possível colocando um cinto de segurança por forma a evitar deslizamentos da gaiola. Cuidado com o ar condicionado).   Deixar o hamster com alguém: Instrua minuciosamente a pessoa sobre os cuidados necessários, como alimentação e limpeza por exemplo (mais vale ser “chato” do que deixar alguém sem toda a informação necessária, pode por exemplo deixar-lhe o link desta página para consulta);Reveja todos os cuidados a ter com o posicionamento da gaiola (sol direto, cheiros fortes, esquecer a porta da gaiola aberta, etc);Deixe um telefone de contato, para situações imprevistas ou urgências (se tiver algum veterinário da sua confiança, não esqueça o contato deste).

BACK TO TOP
x

Hi!
I'm Angelica!

Would you like to get a custom essay? How about receiving a customized one?

Check it out